sábado, dezembro 31, 2005

Mistura de raças

Acho que não vai fazer bem se eu colocar no mesmo lugar um escocês e 12 loiras brasileiras nesse reveillon.

sexta-feira, dezembro 30, 2005

que coisa...

Briga de um casal que tem como mote do relacionamento o erotismo-pornochanchádico- obsceno via de regra...ela injuriada manda este torpedo de seu aparelho móvel celular para ele:
"Prá aprenderes a lição, só vamos trepar ano que vem, que pena, não vais romper meu ano! bem feito..."

...esta galática que vos escreve não tem comentários acerca da objetividade da moça...

Fofolete do Cão

Conhecer mulher feia
É o destino de todo homem
Um dia vai te acontecer
Podes crê, CAMPEÃO!
Vai ser um mijo, um dragão
Um tambo ou um canhão
Uma travessa derrota um samurai
Ô, é fofolete do cão
Fofolete do cão
Tomar cuidado
Não vai ser suficiente
Ela vai te pegar
Ela conhece muita gente
Os seus amigos
Não vão poder te ajudar
E certamente você não vai escapar
Da Fofolete do cão
Fofolete do cão
Para quem foi pego
Só resta uma solução
Beber até morrer ou então ão
Viver eternamente
Sofrendo retaliação
Vestindo a camisa do bloco
da fofolete do cão
Fofolete do cão
Fofolete do cão
É o meu conselho
Eu também já fui pego
Venha comigo
E exorcize o seu ego
Para nunca mais
Ter que viver atormentado
Fuja amigo
Ou vai ser encurralado
Pelo montro mais hórrido
Que é a fofolete do cão
Fofolete do cão
Fofolete do cão
Fofolete do cão
Fofolete do cão
Fofolete do cão

quinta-feira, dezembro 29, 2005

My Funny Valentine ao som do soprar de velas, escuro e distinto



Três palavras, um cheiro teu que diga "sim" e que diga "pára" com voz manhosa
Eu quero todas as letras doces, odes ao que somos e que nunca ha de se saber
O brilho vitrificado dos teus olhos, que são pedras
Recebo as penas e de chagas abertas, sou todo teu o meu peito
Nu e indefeso, eu sou todo teu e o meu peito
Que arda sempre, rubro fervente, o teu bronze desalmado
Minha tosse sem calma, meus dias
Contarias nos dedos, cada um deles para cada uma delas
Tuas histórias de ninar

E eu já não fugiria para sempre do que é (ser) forte e simples e puro
e belo

Porque é véio e é bão mermo e eu gosto



...de frente...



... e de bunda...

Presente do nosso amigo Maluco de Todas as Horas, que segue lááááááááá em Belém das chuvas.... Feliz Natal pra ti tambem, bicho e mano véio! O Celso Blues Boy é que tava certo.... Tava mermo!

quarta-feira, dezembro 28, 2005

Pescadores fazem mais uma vítima em praia do Pernambuco


Na tarde de ontem, um grupo de pescadores fez mais uma vítima na praia de Pau Amarelo, no Pernambuco.

Com requintes de crueldade, os meliantes predenderam a vítima com uma redee a arrastaram até a beira da pría, deixando-a na beira da morte, que não tardou a levá-la.

Um grupo de amigos da vítima que estavam no local ficaram muito preocupados com a praia. Alguns em estado de choque e muitos indignados com a falta de preocupação das autoridades.

"Nós estavamos surfando e de repente os pescadores apareceram. Foi tudo muito rápido. Nadamos desesperadamente, mas nosso amigo não conseguiu escapar." Disse a namorada.

"As autoridade não dá as mínima caundição da gente se divertirmos aqui na praia. Falta salva-vida. Não adianta botá praca de aviso porque muitos dos da gente não sabe nem lê, nem escrever" Dizia um praticante do esporte na praia.

"Oi, meu nome é Bruce!" Falou Bruce, presidente da "Peixes são amigos, não comida"

A Defesa Civil já encomendou 500 placas superfaturadas com os dizeres "Área de risco para Tubarões, mantenha distância" para afixar no fundo do mar.

"Espero que asssim a população se torne mais consciente do risco que correm evitando mais mortes desnecessárias" Conclui Cel. Mostarda, chefe da Defesa Civil.

Porque eu sou foda



Fiz um poema...

... e sem querer apaguei!

Porque às vezes o mundo vira um carnaval...

Pra me despedir do ano que se vai e dele que já se foi...



"Somos todos iguais nesta noite
Na frieza de um riso pintado
Na certeza de um sonho acabado
É o circo de novo

Nós vivemos debaixo do pano
Entre espadas e rodas de fogo
Entre luzes e a dança das cores
Onde estão os atores

Pede a banda pra tocar um dobrado
Olha nós outra vez no picadeiro
Pede a banda pra tocar um dobrado
Vamos dançar mais uma vez

Somos todos iguais nesta noite
Pelo ensaio diário de um drama
Pelo medo da chuva e da lama
É o circo de novo

Nós vivemos debaixo do pano
Pelo truque malfeito dos magos
Pelo chicote dos domadores
E o rufar dos tambores

Pede a banda pra tocar um dobrado
Olha nós outra vez no picadeiro
Pede a banda pra tocar um dobrado
Vamos dançar mais uma vez"

*Ivan Lins - Somos Todos Iguais Esta Noite

terça-feira, dezembro 27, 2005

Mas que porra...



"nao vou comer essa merda.... deve ter um gosto horrivel a salvacao...."



"quale, o messias? vai encarar?"



"sempre achei que o filho do senhor tivesse mesmo cara de viado...."

Cadê o lado lúdico?

Embate entre uma pré balzaquiana romântica e uma criança de 8 anos geração mac lanche feliz na noite de Natal.
A criança diz.."Oi, vi teu nome num presente ali embaixo da árvore da bisa"
Eu automaticamente respondi "que bom né? Papai Noel lembrou de mim..."
"Papai Noel? fala sério! não acredito mas nele desde que tinha 6 anos"
Com cara de retardada engatei imediatamente "Como,porque?"
"Ah, várias desconfianças...por exemplo: como as renas voam? como ele vem de trenó se não tem neve aqui nessa cidade? como ele poderia entrar numa casa que não tem chaminé? como ele entrava no 13º andar do meu prédio cheio de grades? e finalmente..como carrega tantos brinquedos num saco tão pequeno e ainda distribui numa noite só? tá vendo? impossível!"
Fascinada com as constatações de uma crianaça tão pequena e prática..insisti:
"acreditas em duendes?" "Não"
"Fadas?" "Não"
"Bicho papão?" "Não"
"Saci pererê?" "Sim, este pode até existir, mas sem magia,apenas uma pessoa sem perna"
"Curupira?" "Impossível, só se custurarem o pé de uma pessoa ao contrário"
Desisti, a menina realmente não acreditava em nadinha...e eu fiquei tão triste com aquilo..poxa, droga...e ela, com toda a sagacidade que lhe é peculiar ao olhar meu ar de decepção saindo do quarto da vovó (minha vó, bisavó dela) diz:
"Ei...eu acredito em coelinho da Páscoa viu?"
"Ufa!" nem tudo está perdido pro play station II...

segunda-feira, dezembro 26, 2005

Tu nao podes voltar pra casa, nunca mais



Fica.
Tudo o que desespero, tres segundos do teu solo
Somente tu que sangras minha mente santa
Que esvai para quase sempre meu fluido perdido:
Em teu colo, abres minhas janelas das duvidas...

Eu te quero doce e cheirosa
feito melodia bakeriana, de voz mansa e triste
quase moribunda, eu sou expansao do teu pigarro,
miuda parte de ti que danca e sorri, perdida na tua imensa solidao:
infima.

----

Apos tres abracos e quatro-sorrisos-e-meio, talvez nos entreolhassemos por mais uma ultima vez. Eu seria tua voz abafada em teu peito, um sopro de sussurro, um gesto teu sem maculas, e entenderia alguns dos "por ques" que me deixaste na saida, noite antiga e fria e cinza. E tu me tocarias o ombro e o pescoco, nuca e cabelos, e nunca me dirias adeus. Eu te enlacaria as maos com um gracejo e uma nota desafinada, em re bemol. E tu de novo saberias, sim, ser eu ali diante de toda a minha fraqueza, abastecido de ti e de mim.

----

Tudo o que cheira a ti, sangra a pele, doce e forte:
Eu, vitreo, viciado em teus sabores, odores e delicias.

sábado, dezembro 24, 2005

"O que o titio Bin Laden vai pensar"



Sobrinha de Bin Laden posa com roupas íntimas para revista masculina

Uma sobrinha de Osama bin Laden, líder da rede terrorista Al Qaeda, promete colocar muitos homens de joelhos. Aspirante a cantora e modelo, Wafah Dufour, 26 anos, fez uma série de fotos sensuais para a edição norte-americana deste mês da revista GQ. A bela é filha de Yeslam, meio-irmão de Bin Laden.

Wafah posou para as fotos vestindo roupas íntimas de penas de avestruz e dentro de uma banheira cheia de espuma. Pernas, colo e braços são as áreas mais exploradas no ensaio fotográfico.

Nascida nos Estados Unidos, ela tenta se distanciar do tio, que encabeça uma lista feita pelos americanos dos homens mais procurados do mundo.

“Todo mundo me relaciona àquele homem, e eu não tenho nada a ver com ele”, diz ela, que adotou o sobrenome da mãe depois dos ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos.

A jovem, que nasceu e vive em Nova Iorque, morou na Arábia Saudita até os 10 anos, depois foi para Genebra, na Suíça, e voltou aos Estados Unidos. O pai dela está entre os mais de 50 filhos de Mohammed bin Laden.

Fotos viram sensação nos jornais britânicos

As fotos de Wafah Dufour repercutiram nos jornais britânicos. O Daily Mail traz um artigo sobre Wafah com o título “O que o tio Osama vai pensar?”. Segundo o diário, o fato de ele ser “o homem mais procurado do mundo e sinônimo de fanatismo” torna a decisão de posar para as fotos “ou muito corajosa ou extremamente tola”.

Já o jornal The Sun faz no seu título um trocadilho do nome do saudita com as fotos sensuais de mulheres, chamadas de “pin ups”, para dizer “It’s pins Laden”. “A pernuda sobrinha de Osama posa para fotos de revista masculina”, diz o subtítulo.

Segundo o Sun, Wafah posou em Nova Iorque, “cidade devastada” pelo tio, mas tenta “enterrar a associação familiar enquanto lança carreira na música”.

(fonte: JORNAL O DIA)

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Natal




Feliz Natal para todos nos.

Vamos celebrar o nascimento do menino Jesus. E que ele cresca sadio e forte, para passar a mao na bunda das meninas quando adolescente. Que ele tome cuidado com o que diz, para nao enfiarem ele numa cruz aos trinte e tres.

Amem.

quinta-feira, dezembro 22, 2005

Pequeno dicionário Maluco.


Leiam a frase abaixo:

Bowie Macgowan disse...
eu sou soh sum nebbando doido de perdara,,,,,nap prendouin,aa,
1:14 PM

Ok, do texto podemos tirar a seguinte interpretação:

1. Foi escrito pelo Bowie Macgowan
2. Foi escrito as 1:14:PM horário do Brasil. Ou seja, 1:14 AM Japão.
3. Foi tirado do comentário desse post aqui: http://malucossomosnos.blogspot.com/2005/12/hipotemusicalizzzas-me.html#links

Agora a pergunta é: O que diabos ele quis dizer com aquilo??????

Nós da "Malucos Somos Nós" temos a resposta. Não só como conhecimento de causa, mas porque somos todos especialistas nisso. O real significado da frase é:

"Eu sou só um bêbado doido de pedra. Não aprendo nunca!"

Lógico que essa informação só ele pode confirmar. Mas amanha, depois da ressaca.

Ritual de ano novo, só para meninos


Mulher tem o ritual da calcinha no reveillon...branca: paz, verde: esperança, amarela: dinheiro, rosa: amor, vermelha: paixão.
Os homens resolveram prostestar e instituíram o ritual mensalão-paixão, não tem mistério gente, é só colocar um cuecão vermelho e encher de dólar,pronto...é mulher o ano todo!
Esse negócio de roer uva não tá com nada!

quarta-feira, dezembro 21, 2005

hipotemusicalizzzas-me



Porque NOS TE AMAMOS.

Besta.

Eu, eles e a obra


Eu, no meio da reforma...não sei nada de reforma, resolvi fazer uma, me imponho como se fosse um verdadeiro mestre de obras, não tô enganando ninguém, não sei nem quantas buchas são necessárias prá "pregar" umas persianas, nem sabia que precisava de bucha, aliás, já vi que nesse negócio uma coisa puxa outra, que merda!...só sei que não me deixei ludibriar pelo vendedor que queria por força que eu comprasse um galão de tinta de 70 recos (isso já seria demais!).
E tô levando, fingindo "gerenciar" este peculiar mundo dos trabalhadores braçais...
suas marmitas, aquele olho compriiiido pro mulherio de saia curta, não eu, eu frequento o local com roupa de astronauta...

Vinícius


Gente, todo mundo merece o documentário sobre o Vinícius de Moraes! Eu fui ontem, vou hj de novo, pois por conta da minha galatice e do engarrafamento, cheguei uns 25 minutos atrasada no cinema.
É lindo...adorei!
Ah uma dica, a sessão das 18:30 é a última, na sequência quem quiser pode conferir "Oliver Twist", adaptação do Romam Polansky pro clássico de Charles Dickens, é só se esconder no banheiro que não precisa pagar outro ingresso, hahahahhahahahahahhahahahahah, brincadeirinha, vcs acham que eu seria capaz de fazer isso?

Luz, cama e acao

Eu gosto de meia luz. Mas nao gosto de escuridao total.

Eu gosto de VER ONDE E O QUE estou pegando.

E voces?

Debaixo das cobertas? Na escada rolante? No cinema uma rapidinha? No escritorio? Com o entregador de pizzas? Com a menina do balcao de atendimento da farmacia?

Em todas estas situacoes descritas acima, voces apagam a luz ou mantem os holofotes ativos?

As celulas nervosas retinais que atuam na escuridao para percepcao da luz sao os bastonetes...

segunda-feira, dezembro 19, 2005

Meninas torturam barbies mundo afora....



Como se sadismo em criancas fosse coisa nova...
Eu costumava "suicidar" os ursinhos de pelucia da minha irma... Preparava uma forca com doze voltas de nos, e os pendurava entre as roupas, no cabideiro do seus armario. Ela abria os armarios na hora de se trocar e se deparava com os "ursinhos suicidas", algumas vezes portando cartas de suicidio. Era divertido, mas como sempre fui o mais novo e mais fraco e menos rapido, eu sempre apanhava no fim da brincadeira...

especialmente galática


Não sei se foi clima de Natal que me amoleceu, mas a chuva me faz "panquecar" o domingo todo embaixo dos lençóis na minha caminha macia, eu ando escutando velhas canções e dando a elas novas interpretações, minha pseudo auto suficiência de pré balzaquiana rebarbada e independente anda meio em baixa. Estou mais vaidosa, comprando lingerie e todos os bálsamos embelezadores que meu dinheiro pode arcar . Vou reformar todo o escritório, começo amanhã,quero cores novas, novos cheiros. Ando suspirando demasiadamente...
Meus amigos dizem " tá amando, tá casal" e eu ainda insisto em dizer : "Não somos um casal, eu tenho meu próprio CPF e continuo indo sozinha ao cinema",mas não adianta nada, eu ando babaca, feliz, especialmente galática e apavorada por isso!
Gente maluca tem medo de perder o auto controle...

Les Oeufs Brouillés



Porque eu tambem posso sorrir e chorar e sonhar.

As tres rainhas



"Where have you been with that twisted smile?"

Por toda a tua beleza



"The ingots are burning red
I'm working time and a half
Tomorrow I'll stay in bed
what a life I lead what a life
laugh in my face why don't you
laugh with the rest I know it well
I tripped and then I fell for
the beauty of Wynona"

A noite chega, e nao tenho (mais) nenhum dos teus afagos.
Sao tuas fucas geladas que vem por mim, sob os lencois, abismos.
Entre o que e o outro, e eu ja nem sei (mais).

"It ain't easy when we go down for
the beauty of wynona."

domingo, dezembro 18, 2005

Ao norte do que es tu, o que possa ser de ti




Nevasca durante o fim de semana, e trinta centimetros a mais de beleza alva sobre o mundo.
Pela manha, tudo em minha volta eh doce, alvo e frio, como no dia em que me fui, ou que tu te foste, lagrimas e peias escorriam sem medo, voraz.

O ar carregado de aquecedores antigos me faz querer vomitar, mas seguro a ansia quando penso em cheiros citricos. Queria Gullar ao meu lado, eu penso numa tangerina descascada e seus gomos expostos, preenchendo a sala com o cheiro que exala dos seus sulcos porosos, dos seus sucos e salivas.



Campos de arroz sao apenas um grande branco vazio e estatico. O mundo chora e paira sobre mim. Eu congelo.

Tua imagem, tuas lagrimas. O calor das tuas maos toca minhas orelhas.

Nao quero mais voltar.

quinta-feira, dezembro 15, 2005

Há um pouco de Bart Simpson em todo mundo


E que as coisas continuem assim. Afinal de contas, que graça teria se o mundo fosse de Lisa?

Diz que...

o cara saiu de casa. Ia trabalhar. Pegou sua maleta entrou no carro e se lembrou de quando era uma criança.

Aquela época inocente, onde desenhos animados não eram japoneses, não existiam ainda Power Rangers, Pikachus, nem Dragonball.

Preferiu curtir a vida com aqueles desenhos do Pato Donald, Mickey, Pateta.

Pateta? De repente lembrou-se do Pateta no trânsito. Seus olhos começaram a ficar vermelhos, o cabelo desarrumado, pegava no volante com raiva.

Saiu cantando pneu que nem doido, lembrando do desenho do Pateta. Mais um dia ótimo de trabalho.

quarta-feira, dezembro 14, 2005

Acordar ao amanhecer...


As luzes do sol são como mil espadas penetrando em meus olhos, rasgando minha pele, dilacerando minha alma, maculando a escuridão mais pura fazendo com que eu veja a vida com cores que eu não queria...

... das cavernas


O brucutu, troglodita lindo, após travar horas de conversa com a bióloga num boteco, sem prestar a mínima atenção no que a moça falava sobre os gaunácos do deserto do Atacama, o Discovery, as baleias jubarti, o pólem das flores,os bebês foca,o buraco na camada de ozônio, pois estava entorpecido pelo álcool e hipnotizado pelo decote da menina, numa tentativa ridícula de fingir ao menos que gostava de qq do assuntos relacionados acima, solta esta pérola:
"Eu adoro natureza, inclusive, já até transei num campo de futebol em Ajuruteua"
As amigas na mesa se entreolham com cara de "Que isso, cadê o conectivo?"
"Relaxem meninas, vou mandar ele pegar a clava e voltar prá casa...COMIGO! Não vou largar esse homo erectus por nada!"
é galera..das cavernas, assim que é bom...

Eu não sou fresca,e agora?


Não, insuportabilidades a parte, eu sou legal, inteligente, avessa a futilidades, saio com cabelo molhado, sem aquela nóia de escova, embora adore escova, abro pote de palmito, maionese, azeitona sozinha, mato barata, falo palavrão e bebo cerveja...uma OGRA? JAMAIS, sou vaidosa, sensível, de uma cultura mediana, tenho senso de humor, adoro gente, independente de nome , sobrenome, raça e opiniões sobre o governo Lula...tudo bem vai, as vezes acolho ou deleto de acordo com o gosto musical, heheheh, sou intolerante, mas porra, ninguém é perfeito né?
Eu não tenho aquele ar desprotegido, barbie girl, não falo com aquela inflexão insuportável no final "amooooooooor", "lindooooooo", "bebêêêê", não faço questão de grife, de salto o tempo todo,não quero ser nem estar entre os badalados, não quero fazer parte do mundo da CARAS nem sair na coluna social, eu não sou fresca...definitivamente!
Eu sou simplesmente mulher e exijo ser tratada como tal! É bom ser mimada e fazer dengo, e isso não tem nada a ver com frescura...

"eu gosto de sentir meus cabelos sangrando sob o sol"




Eu tambem.... Mas tu sabes disso.

"... mas hoje, eu quero que voce
meu ponto de visao
e espero, traga-me noticias sobre o meu perdao
pois ha um preciosismo
na minha formacao
faco o papel dos deuses
vivo em divagacao
mas quero que voce me salve
seja a salvacao
mesmo que ironicamente, sejas perdicao
vejo o mal que voce tras
nao se pode, nao ver mais
sem olhar pro seu semblante, eu
sinto uma atracao
gigante
em saber o que ha depois
e o que vem antes"

terça-feira, dezembro 13, 2005

Completa



Porque eu sou brasileiro.

A receita, ta em cada esquina, na mercearia, estampada na parede, sob o rotulo de Skoll, Brahma e/ou Antarctica.

Kaiser nao, porque Kaiser nao vende em mercearia. Vende em puteiro. Da pior qualidade.

segunda-feira, dezembro 12, 2005

Eu berro quando dói



Tem gente que GOSTA do desespero. Eu fujo dele. Quase o tempo todo.
E ainda assim, é desesperador DEMAIS voltar pra casa, todas as noites, e implorar para que um conjunto estéreo e caixas de sons amplifiquem o que eu chamo de existência. Ainda assim, dói como a fé dos desesperados, como andar descalço sobre pregos feitos de neve endurecida.

Eu quero FLAGELAR qualquer ponta de culpa que ainda reste. Até que se esgote a última gota de sangue uterino, até que seque a fonte de tudo o que arde e incomoda e que assusta. Não gosto de lençóis para me sentir protegido e aquecido, eu não gosto de muralhas. Mas porque eu preciso tanto delas? Porque essas porras são tão necessárias?

Não existem borrachas de látex que possam apagar o peso do perdão. Perdoar é assinar embaixo da sentença.

sábado, dezembro 10, 2005

putaria por putaria...

Melhor MULHER dos outros que FILHO dos outros. Avisa ao alemao nazista que pegou o trono la.

[ ],

Batendo errado...


Nunca bati lá muito bem da cabeça mas ontem ela se superou, resolveu bater foi muito mal mesmo... Nunca raciocinar doeu tanto!
Malefícios de um ser pensante.

Dor absurda, pânico total-geral-e-absoluto: chamem a benzedeira, o pai de santo, o Edir Macedo! Nenhum deles tava de plantão. Como eu não podia me dirigir a um hospital, muito menos dirigir o meu carro, chamaram a Dra da Família.

Diagnóstico: houston, we have a problem...
Pressão de bomba atômica dentro desta pobre cabecinha de primata, e olha que eu nem tentei conquistar o mundo na noite anterior.

RESULTADO:
- não posso comer (comida de gente);
- não posso beber (bebida que preste);
- não posso fumar (que merda);
- não DEVO me stressar (como?)

Que azar... não posso VIVER por 1 breve e interminável espaço de tempo e ainda por cima não devo ME STRESSAR COM ISSO?????

Ora porra....



So um homem nu correndo depois de cagar no mato, num frio da porra....

O que a falta de ceticismo nao faz com as pessoas. Na verdade, mais me parece uma tela de um inimigo em Doom, antigo jogo para PCs.... Ainda quando da existencia dos 486.... Ou 386.... Sei la.

Eu hein!

sexta-feira, dezembro 09, 2005

O beijo


Seria o primeiro estágio da paixão?
Nossa heroína não nega,já o tinha avistado por diversas vezes nos corredores forenses.Sempre o achou pomposo,porém charmoso...quando então,ele ,num belo dia começou não só a notá-la,como também cumprimentá-la para posteriormente passar a assediá-la. Ela ficava serísssima no início,mas sempre admirou homens de atitude, de sorriso cínico...
No dia da final do campeonato da terceirona eles se encontraram fora do ambiente pomposo-profissional-impessoal, com várias cervejolas na cabeça, ele disse oi,ela sorriu e foi só o que precisaram prá finalmente trocarem as primeiras palavras, para horas depois estarem aos beijos,e que beijos...
Milhares de coisas em comum, nossa heroína se surpreende consigo ao passar horas e horas ao telefone conversando, fazendo aquelas manhas ridículas, aquele charminho boboca...e pior anseia por isso todos os dias, pelos encontros, pelos cheiros, sabores e pelo beijo, gente, que beijo...
No último encontro, ele escolheu o vinho preferido dela...seria um sinal? Ele olhou prá ela e disse que estava vivendo um deja vu , pois já se vira naquela situação sem saber que era ela, mas era ela..., pelo menos naquela noite memorável.
Ela não consegue pensar nele sem sorrir, ele liga só prá dizer bom dia. Eles ficam saudosos com menos de 24 horas, e não param de desejar os beijos, aqueles beijos...
Será? indícios de paixão? afinal,qual seria a conspiração cósmica prá um beijo tão perfeito, que precede todo o resto? Alguém saberia responder?

Uma semana em Breves

E esses caralhos estão querendo censurar palavrão? Oras, vão todos pra Puta que pariu!

Eu tava lá todo fodido de trabalhar no meio do mato, com um bando de filho da puta e nem consegui escrever merda nenhuma aqui. Mas agora eu cheguei e vamos voltar a por ordem nessa porra aqui.

Bom, é isso que eu aprendi em uma semana de vida em Breves, Marajó, Pará. Um vocabulário bem colocado de palavrões para poder expressar bem nossas opiniões.

Mais tarde, com mais tempo, faço um relato da viagem.

Fugiram todos....

Acho que abriram as portas desse hospicio de vez. Ja nao se ve Via Lacteas ou nenhuma outra alucinacao galatica nas maluquices que rolam por aqui...

Que eh isso?

Fase astral comum a todos? Complo dos que estao do lado dai contra o que ta do lado de ca?

Ou arranjaram o que fazer da vida?

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Entre querer e poder

Quero uma vida com menos hiatos entre uma ponte e outra... So isso.
Nem que seja passageiro, mas que seja divertido ao menos. O sonhar. E o viver.

Algo que me faca os olhos brilharem durante a jornada. Uma rosa, murcha que seja. Ou um sorriso teu, falso que seja.

So isso...

quarta-feira, dezembro 07, 2005

Procura-se desesperadamente um maluco



Trajando uma camisa de forca, O maluco sumiu. Seus cabelos, hoje, estao curtos, mas ja foram longos feito os de um arborigene australiano...
Costuma andar sozinho, recitando versos de Raul Seixas, a quem chama "Sao Raulzito das Causas Etilicas", ou mesmo costuma afirmar-se o proprio Raul Seixas: "Ue, eh so eu fazer a barba que voces nao me reconhecem?", ele diz.

Fugiu dessa casa mental ha alguns dias... Nao se sabe precisar quantos. Na verdade, nao fugiu. Saiu pela frente para comprar birita e cigarros, e ate prometeu voltar. Que traga a birita e os cigarros, seu fdp!

Volta logo, seu p#%#%#rra. A gente nao sabe postar com frequencia sem a tua eloquencia.

Não tem preço!

segunda-feira, dezembro 05, 2005

O bruxo me deixa galática!


É, festival de Jazz e eu tava lá,aliás,tava todo mundo lá, quase todos os músicos que conheço,o motivo? Além da música maravilhosa, todos queriam assistir o mago,o bruxo,o albino endiabrado Hermeto Pascoal...cara, hipnotizante,digo,prá quem curte e viaja no som experimental, instrumental de qualidade. O amigo batera, fanático por ele contou uma historinha: "Pro Hermeto tudo é música,o vento nas árvores,o barulho das folhas, o salto dos sapatos no assoallho,um copo dágua. Certa vez, num sítio em retiro com a banda, ele tocou um porco,isso mesmo, um porco "roinc,shunft,roinc", apertava a barriga do porquinho , tb albino como ele e tirava som, o bicho roncava em fá, em ré,em mi...e qdo foi fazer uma apresentação num teatro e não permitiram a entrada do porquinho alegando que não era permitido animais no recinto,o bruxo respondeu : isso não é um animal,é um instrumento!".
Enfim, foi ducaralho!
Fecharam com chave de ouro,com o Cama de Gato, quarteto fantástico, bando de E.Ts...e o Jazz, mano,é o jazz, não tem o que dizer...eu fico extasiada, galática ao cubo, viajo na música e demoro prá voltar...

Sereia bonita, eu tambem farei o possivel para morar contigo na pedra



E eu tambem quero todas as gotas de sonhos que me deem a certeza de que nao te perderei.
Sou cetico, mas tambem gosto de crer. Creio em ti, nas tuas docuras e belezas. Creio em ti pequenina, um metro de setenta, em teus saltos e em tuas cambalhotas.

E eu tambem te quero inteira, duas metades, nada de volta. Nao, nao quero mais nada em volta de ti. Tu te bastas e tudo paira sobre ti.

Eu te quero brilhando, no palco de todos os teatros magicos por toda a minha vida. Tu sabes. Tu bem que sabes...

domingo, dezembro 04, 2005

Comecou a sacanagem...



vista do meu apezinho nesta manha... chocolate quente pra animar tudo em volta.

Esta manha de segunda feira de cinco de dezembro de dois mil e cinco amanheceu com vinte centimetros de neve...

Amanha tem mais...

ai ai ai... Alguem tem qu mandar os anjinhos do senhor PARAREM de cagar sobre nossas cabecas.

Fim de semana garimpeiro


Chet Baker foi um dos meus prediletos nesse sabado...

Neste ultimo fds em Hiroshima Night City, matei a saudade de algo que nao fazia ha anos: GARIMPAR RARIDADES EM LP NUM SEBO!

Foi delicioso! Eu ja estava com mais de 40 LPs separados, espalhados pelo chao da loja, para escolher poucos entre eles!!!

O que eu comprei:

- Bootleg do Led Zeppelin, ao vivo em 1973. 3 discos, 12 dolares.
- Bootleg do Pink Floyd, ao vivo em 1977. Um disco, 10 dolares
- Muito Chet Baker
- Bootleg dos Beatles, para o disco "Abbey Road". Rarissimo, com todas as faixas do lado B compostas por Paul Mcartney e uns amigos que nao os Beatles, meio que se divertindo em casa. Belo, mas de qualidade baixissima...

E havia muito mais, so que nao entrava na carteira...

To feliz. Muito, muitissimo!

sexta-feira, dezembro 02, 2005

Orgulho de ser IMPERFEITAMENTE NATURAL!

Mulher moderna!

Amigas ao telefone: -Oi, me conta como foi o encontro de ontem a noite?
- Horrível, não sei o que aconteceu...
- Mas por que ? Não te deu nem um beijo ?
- Sim... beijar, me beijou. Mas me beijou tão forte que meudente postiço da frente caiu e as lentes de contato verdes saltaram dos meus olhos...
- Não me diga que terminou por ai ...
- Não, claro. Depois pegou no meu rosto entre suas mãos, até que tive que pedir que não o fizesse mais, porque estava achatando o botox e me mordia os lábios como se fossem de plástico... ia explodir o meu implante de colágeno e quase sai o mega hair!!!!
- E não tentou mais nada ?
- Sim, começou a acariciar minhas pernas e eu o detive,porque lembrei que não tive tempo para me depilar. E além do mais, me arrebatou com uma luxúria e estava me abraçando tão forte que quase ficou com minhas próteses da bunda nas suas mãos e estourou meu silicone do peito...
- E depois, que aconteceu ?
- Aí então, começou a tomar champagne no meu sapato...
- Ai, que romântico...!!! - Romântico o cacete ! Ele quase morreu!!!
- E por que ?
- Engoliu meu corretor de joanete com a palmilha do salto...
- Nossa, que ele fez ?
- Você acredita que ele broxou e foi embora? Acho que ele é viado .
- Só pode!

quinta-feira, dezembro 01, 2005

E eu aqui, FODIDO porque quero voltar ao Brasil...



Absurdos como esse que me fazem achar ainda mais os churrasquinhos de gato, servidos nas mais diversas esquinas do nosso Brasil amado, um petisco sem igual...

Ui-Wando!!!!


Aprendendo a exercitar a tolerância, eu, galática criatura, amante da arte e da poesia, não troquei o cd que ganhei por pura chacota em meu aniversário, confesso, tive a oportunidade, mas ponderei que aquela seria a primeria e última vez que teria tal pérola do cancioneiro romântico, popular, sem vergonha em minhas mãos.
"Num surto de loucura e mórbida curiosidade, acabei me rendendo a meus instintos mais pantanosos... Não troquei, rasguei o lacre e comecei a sorver como a um líquido precioso tudo o que pode me oferecer o poeta das calcinhas, o tarado : WANDO...que eu só conhecia por conta do velho e inocente refrão "meu iá-iá, meu iô-iô"
Famoso por albuns cujo os títulos são sempre sutis tais como: Gazela, Depois da cama, Ui-Wando de paixão, Tenda dos prazeres, Fêmeas e Obsceno, o cara não pára de me surpreender com tanta objetividade, ele hipnotiza, afinal é impossível ficar indiferente à músicas como "Eu já tirei a tua roupa", "Viver é rolar o sentimento", "Nossa Sra. das femeas", "Deus te proteja de mim" (nota-se uma aura de religiosidade não é mesmo?) e" O ponto G da história". Wando prepara verdadeiras picadas de amor para as ouvintes atentas, sua beiçola vêem em evidência no encarte do cd, ele interage com a platéia encorajando as afoitas senhoras com frases do tipo "essa é prá vc ,divorciada que dá não umazinha a mais de um ano" e "distribuirei calcinhas perfumadas, mas se quiser, pode jogar a sua no palco", a mulherada vai ao delírio!!!!!
Ufa...ele é demais! Prá finalizar, afinal estou em êxtase, sugiro uma audição atenta da música SAFADA "vem minha safada,vem minha bandida , minha descarada,quero um beijo gostoso dessa boca molhada,vem matar o desejo desse seu animaaaaaaaaaaaaal....faz,faz que é gostoso demais".
E sem preconceitos, mente aberta, afinal "vulgar e comum é não morrer de amor!" hahahahah.

Poucas Palavras