domingo, abril 30, 2006

Think of me with kindness



Why am I using words, no more to say
without you
Close the door, put out the lights and go.
Late in the night, in the night your
shadow falls between us.
Nevermore, never know.
There, memories are sorrow,
When there's no tomorrow.
Sleep while the sweet sorrow wakes
my daydream;
Sleep while you think of me with
kindness, please remember former
days.
Sweet the song that once we sang, the
silent parting ways.
And you know, and you know,
And you know, long ago when first we
made our promise -
Empty words, I wonder did you know -
The laugh that love could not forgive,
Is gone and tells no more to live,
And we who look in beauty's love;
Must now, through all, look back on
before -
The tears that I first cried, no more;
Your love has come and gone, no more.
And we who look in beauty's love
Must now through all think back
on before.
Sleep while the sweet sorrow wakes my
daydream
Sleep while you think of me with
kindness, please remember former
days.
And you know, and you know.
And you know, when we two parted in
tears
and silence
past the days, the parting ways.
Fare thee well, fare thee well, you
that was once dear to me.
Think of me with kindness
Think of me.

quarta-feira, abril 26, 2006

Titanic 2

Clique no link acima! Mije-se de tanto rir!

Ah..o cheiro doce dos cabelos.

Ah...sempre assim, movida a paixão, nossa heroína chama o amigo maluco e grita "aconteceu de novo!", e ele pergunta "o que?", o óbvio, "eu estou apaixonada!!!!!!!!!!".
E é assim, curtindo muito mais a sensação, endorfinas, serotoninas, e todas as "inas" que influenciam e alteram os estados químicos do corpo e da mente do que a definição e institucionalização da história em si.
É um merda! eu não consigo viver sem isso, o paradoxo, carisma -carência, será? pensamentos românticos num mundo sem poesia? prq? eu sou adulta...penso, penso, não adianta. Se eu pensasse isso não aconteceria sempre e de novo, no fundo essa busca eterna, o convívio e depois a inevitável saudade do cheiro doce dos cabelos de alguém.
Dessa vez eu passei dos limites, e o cheiro doce, eu sabia a cilada em que eu tava me metendo, mas ele , o cheiro, os cabelos...nossa!!!!!
O lado bom de ser assim passional, tem lado bom? não sei, não vou defender aqui uma tese acerca de indivíduos imprudentes que não pensam um milésimo de segundo entre o ouvir "pula" e pular de cabeça no que pode ser a próxima história de amor mais intensa da sua vida. Só sei que é assim, e toda vez que passa, que eu não sei o que vai acontecer e que a parábola maluca onde "A" é negativo, sobe , atinge o ápice, desce e não se estabiliza se apresenta na minha frente eu fico assim...e isso eu realmente não curto!
Mas sim, mãos a obra, de volta ao "blogsceno", cds lindos ( e de fossa) na agulha, amigos, babilônia e cerveja gelada...daqui a pouco isso passa e como eu não aprendo nunca mesmo..vou me preparar p mais um dia especial "com raio laaaaser!"

segunda-feira, abril 24, 2006

Galinha macho ameaca os galos que cantavam em paz no quintal da Vovo Benta...


A galinha macho "Cocorico Eller": Uma das reivindicacoes seria uma reedicao do classico programa da Rede Cultura para o publico chegado a uma viadagem...

A galinha agrediu o reporter, enquanto cocoricava a versao de Cassia Eller para "Smells like teen spirit", mostrando seus testiculos desenvolvidos e mostrando que pouca crista nao significa nada. "Afinal, tem muito queixo peludo que nao da conta do recado", esbravejava o ser galinaceo, que depois completou "... se esse bando de galo frouxo nao cobre nenhuma, deixa que eu cubro. Olha o tamanho da minha cloaca, sente o cheiro da minha testosterona", cocoricava a galinha pit-bull.

Empresarios de briga de galo tailandeses ja comecaram a se mobilizar para contrata-la para uma turne mundial. "Se nao der conta nos ringues, na panela dara um bom caldo", dizia Ma Laco, treinador do famoso galo de briga Pena Branca, do interior da Bahia, e que foi guizado apos perder seu ultimo embate...

domingo, abril 23, 2006

Assunto de maior relevância

Vamos aderir à campanha de preservação do patinho de borracha do MSN. Todo mundo que for antenado e quiser se engajar nessa campanha importantíssima pra fauna mundial deve colocar a imagem do patinho no seu msn durante um minuto inteiro ao mesmo tempo no dia 26 às 21:00.
A hora foi resolvida pelos diretores da Organização Internacional das Bóias de Braço e Afins.
Você não pode ficar de fora, tem que mostrar que se importa com a extinção dos patinhos de borracha do msn!!!!!!!!!

quinta-feira, abril 20, 2006

Eu ja quis ser John Malkovich


O John Malkovich que eu ja quis ser...

Eh verdade, mas nao foi por causa do filme noiado e pai d'egua nao, mas por outro filme, "Ligacoes Perigosas" (Dangerous Liaisons), porque eu queria ter a labia daquele cara... Ensaiei, repeti, e nao consegui. Mas isso faz tempo.

Depois de um tempo, algumas pessoas me compararam com o Johnhy Depp. Nao sei por que, talvez elos olhos, talvez por alguns habitos perigosos que ambos compartilhamos no passado, e que nada tem a ver com filmes.

Bom... O fato eh que eu desisiti de ser John Malkovich ja faz um bom tempo. Eu e o Maluco temos praticamente a mesma idade... Eu ja tentei ser uma porrada de coisas, e ele foi testemunha de quase tudo isso, ja que somos quase irmaos, mas sem sacanagens extras por parte dos progenitores de ambos. Enquanto musico, eu tentei ser percussionista/baterista, e ate que levava um jeito pro negocio, mas desisti por preguica mesmo. Depois, ou quase ao mesmo tempo, tentei ser gaitista, ja que uma pessoa que eu muito amei havia me presenteado com uma mini-gaitinha (e nao eh hiperbole alguma: a gaita tinha apenas uma nota!). Para alegria de todos, tanto a mini-gaitinha como essa pessoa que eu muito amei estao perdidas nas sombras de algum passado, que eu nao sei dizer se eh distante ou nao.

Outro dia, despertamos de uma farra, la em casa. De manha cedo, comigo, ou eh oito ou oitenta, entao ou eu ouco coisas bem leves e relaxantes, como Jazz, ou bem porrada mesmo, como "Graze", do Live, sendo que ambas as opcoes sao sorvidas em alto e bom som. Nesse dia, despertamos todos ao som de jazz. Alguns outros personagens figurantes na estoria me perguntaram de quem se tratava, e eu prontamente respondi: Chet Baker. E comecei a mostrar varios albuns, em CD e em vinil, do Chet pra galera. Eis que uma amiga minha, ao pegar algum disco antigo dele, diz: "ブレーノさぁ、お前はマジ若いチェットに似とる" (trad.: "Egua, Breno, tu te pareces muito com o Chet jovem!"). Eu relevei, achando que poderia ser algum efeito dos muitos pints de Guinness que todos haviamos tomado na noite anterior.

Ontem, cortei o meu cabelo, que eu nao cortava desde que retornei das minhas ferias no Brasil. Fui testar a camera do meu aparelho de celular novo, que tem uma camera de 3.2 megapixels com macro, e tirei uma foto de mim mesmo em sepia. Eu realmente pareco com o Chet Baker quando ele era jovem...

Desisti, ha muito, de ser John Malkovich, pois ele era "safo" demasiado. Agora eu quero ser Chet Baker!


Chet cantava...


E Chet tocava...

Bloco de gelo mais antigo do mundo revelado por japoneses

Achar o gelo foi fácil. Quero ver acharem um esquilo correndo atrás de uma avelã.

Cientistas japoneses retiraram de uma camada de três quilómetros abaixo da superfície da Antártica uma amostra de gelo com um milhão de anos. Acredita-se que o bloco, revelado esta terça-feira, fornecerá pistas importantes sobre as alterações climáticas.
Segundo os estudos, o gelo estava abaixo da Antarctica motivada por uma adaptação climática na cervejaria desde que as fotos da Juliana Paes sairam na Playboy. As coisas estavam quentes por lá.

O gelo deve ser levado para o Japão para estudos, mas espera-se que a viagem só possa ocorrer no mês de Junho ou Julho, quando as condições climáticas da terra do sol nascente possam cooperar.

"Os estudos não vão servir para muita coisa". Disse Motamoyto San. "Mas acreditamos que o gelo possa resfriar um pouco o carregamento de margarita frozen que trouxemos do méxico quando fomos procurar por lá o agave mais antigo do mundo"

"Na pior das hipóteses, vais servir para resfriar a cabeça depois dos saquês que tradicionalmente tomamos no Japão"

quarta-feira, abril 19, 2006

A Parede do Universo

O Pessoal da Parede do Universo pagou um pouco mais caro pela colocação do Banner, e por isso estão em local destacado no blog dos Malucos.

Eu recomendo a visita.

Estou no aguardo de mais histórias toscas por aqui.

Propagando... isso que faço da vida.


Venho por meio deste requerir aos digníssimos administradores deste asilo cibernético, que adicionem o endereço da nossa casa de lunáticos aí do ladinho...
hehehe
#)


Atenciosamente,
Criaturas Alopradas.

terça-feira, abril 18, 2006

Teatro dos Sonhos - Cenas Vivas - Cena 4: Tragédia Fatal

Nicholas sente-se sozinho e tenta encontrar as respostas para seu sonho. Ele sonha com choros e não entendo que que quer dizer.

No passado, na casa antiga, ele encontra um velho com aparência confiável.

- Jovem, você sabia que uma garota foi assassinada aqui? Essa tragédia fatal foi comentada por muitos anos - Disse o velho.

Victória faleceu tão jovem, e as lembranças dela ainda estavam vivas em Nicholas e apenas pela sua boca podiam ser faladas. A morte de Victória era um mistéria até os dias atuais e ele queria as respostas para isso. Perguntou ao velho, mas o velho se levantou.

- Você está sozinho - Virou e deixou Nicholas parado e sozinho.

- Você saberá a verdade conforme seus dias futuros se revelem. - E desapareceu.

É impressionante como algumas coisas não voltam mais. Mesmo sem amor, sem verdades, sem fé, sem esperança não há como ter paz. E Nicholas estava lá, olhando Victória sabendo que ela estava morta.

O Hipnoterapeuta então fala:

- Agora é hora de ver como você morreu. Lembre-se que a morte não é um fim, mas apenas uma transição

quinta-feira, abril 13, 2006

Teatro dos Sonhos - Cenas Vivas - Cena 3: Através das Minhas Palavras.

Nicholas pensa em Victoria. Sabe que são um só. E sabe que tudo que ela já viu, tudo que ela já pensou está gravado na memória dele. Apenas através dele, ela pode falar agora.

Victoria e Nicholas estão ligados um ao outro por um fio infinito. Ligados pela eternidade, vivendo em duas mentes, mas um só corpo. Isso nunca vai se quebrar.

quarta-feira, abril 12, 2006

Porque hoje é sexta-feira!

O mundo me deixou com cara de idiota e eu pacientemente aceitei diz:
quando fiz essa tirinha, não sei porque me lembrei de vc

Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua diz:
hehehe... não, não, não, esse dae é o revi!eu não fico assim, fico mais exagerada =P

O mundo me deixou com cara de idiota e eu pacientemente aceitei diz:
viras o hulk?

Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua diz:
não

Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua diz:
já viste o coelhinho da energizer?

O mundo me deixou com cara de idiota e eu pacientemente aceitei diz:
hahahahahahahahahahaha

O mundo me deixou com cara de idiota e eu pacientemente aceitei diz:
e a pilha nunca acaba?

Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua diz:
não enquanto tem birita =)
hehehe

segunda-feira, abril 10, 2006

Ourico pinguco eh agredido por vira-latas racista em Capanema, PA


- Quandu, puto da vida e de cara e almas lavadas: "te mete a besta, que o pau te acha"

Elemento denominado Quandu, comumente conhecido por Ourico-Cacheiro (Erinaceus europaeus), se encontrava "de toca" apos ter tomado quinze goros, proximo a uma fabrica de cimento em Capanema, quando foi agredido por Rex, um vira latas que tomava contas da localidade. O auxilio de moradores nao foi necessario porque Quandu, mesmo ebrio, estudou taticas ninjas enquanto jovem e seu corpo eh armadao de shurikens naturais, que atirou na boca e em toda a extensao do corpo do canino Rex.

Mais fotos de Quandu, o ourico ninja assassino aqui: javascript:abre('http://noticias.terra.com.br/ciencia/galerias/0,,OI28001-EI299,00.html','Galeria28001','660','500','no');

Teatro dos Sonhos - Cenas Vivas - Cena 2: Deja Vu Estranho

Nicolas estava relaxado. A sensação era estranha, um pesadelo agradável. Mas ele estava ansioso por voltar no passado novamente. Toda vez que ele fechava os olhos tinha aquela sensação de uma história completa dentro dele. Capítulos que precisavam complementos que somente ele poderia terminar.

Então mais uma vez ele regride.

Ele se aproxima de uma casa, uma casa que ele já conhecia. Ele já estivera lá em outra vida. Entra na casa, sobe uma escada e no quarto ele se olha no espelho. Vê uma garota. - Victoria, você sabe o que estou fazendo aqui?

Ela se segurava, mas Nicolas percebeu nos seus olhos que havia alguma coisa que a entristecia, sua alma chorava.

- Hoje quero libertar aquela pessoa dentro de mim que ninguém conhece. Ela falou.

Victória estava com o coração divido em dois, e simplesmente não conseguia se ajudar. Sabia que precisava disso, ajuda, mas era difícil, impossível.

- Não sou aquela que o Dorminhoco acha que conhece.

Nicolas volta ao presente, a cidade o cercava. O espelho simplesmente quebrara, como num sonho, e levou a garota. Ele pensava por que aquela sua outra vida o assombrava tanto. Se ele conseguisse penetrar nos pensamentos de Victoria ele talvez conseguisse entender.

Era tudo muito familiar, mas Nicolas não conseguia compreender se era ele naquele outro mundo. Ele ia descobrir a verdade. Ele procurava de alguma forma a chave para abrir a sua mente e compreender tudo.

É isso que ele quer hoje, um sentimento que não vai largá-lo. Hoje, ele conhece só a sí mesmo, e mesmo assim, quer se libertar. Mas ele não consegue se ajudar, parece que ele está ficando doido. Seu coração se divide em dois. Ele não é quem ele pensava que fosse. É um estranho deja vu, mas ele vai achar a verdade.

sexta-feira, abril 07, 2006

Os homens da minha vida!

Porque eu sou uma garota de família...


Só me meto com irmãos... hehehe
E quando não são irmãos, são os primos de 1º e 2º grau, respectivamente.
Ah, meus tão amados JJJ: Johnny, Jack e José!

A previsão pra chegada da família real em território paraense é na semana santa. O embaixador Bernardo é o responsável por tão digníssima visita (ele comprou, a gente ajuda a pagar). Com os meninos por aqui junto com essas sumidades, vamos todos orar fervorozamente, cumprindo todos os ritos etílicos que exigem a ocasião: a reunião do Clube dos 5 Original pro aniversário do Paulo e da Danoninha.

Salut!

quinta-feira, abril 06, 2006

Eu vejo da minha janela



Todo dia, de manha cedinho....

Todo santo dia.

De novo, primavera



"pelo horizonte ficava um rastro so de saudades
por onde tu me seguias"*

Guardo sim, apertado no peito
Teus filmes em sepia,
rastros do que foi de ti, vermelho, branco e preto
manchas de passado
com teus cheiros esquecidos

*Chale da Holandesa - Toni Soares e Ronaldo Silva, Arraial do Pavulagem.

quarta-feira, abril 05, 2006

Morre aos 90 anos, o Palhaço Carequinha


Confesso, e não nego, que desde criança eu queria ser palhaço quando crescesse.

Hoje em dia, não consigo determinar onde acabou minha infancia, onde passou a adolescência e nem sei dizer se sou adulto. Mas a admiração pelos palhaços ainda existe.

Se não virei palhaço, cheguei perto. Talvez um nariz vermelho e uma maquiagem, quem sabe.

Foi muito triste saber que o Carequinha morreu. A gente nunca quer que isso aconteça.

O Carequinha que eu gosto teve um fim agora. O outro carequinha que não gosto continua por aí. (Tudo bem, não usei as palavras corretas, mas a tristeza de ver a inocência de um palhaço acabar me fez pesar bem as palavras).

Outra coisa que eu admiro no Carequinha, (O palhaço de verdade) é que ele sempre foi uma pessoa a frente do seu tempo.

Cliquem no título, e vcs vão ver a matéria do Terra (www.terra.com.br). Lá no finalzinho, podemos ver que ele já havia vendido mais de 2 milhões de cópias do seu CD, em 1962.

Tomei a liberdade de copiar e colar, vejam abaixo também:

(...)Nesta época ele começou a gravar canções infantis e chegou a vender mais de 2 milhões de cópias de seu CD em 1962. (...)

Entao, ele ja alegrava a vida de muitos pais de pessoas como nós, com o seu CD há 44 anos atrás.

Sei que esse blergh aqui é muito visitado, e após esse post vão corrigir o site lá, por isso não podia deixar passar essa.

terça-feira, abril 04, 2006

Acontecimento

A seguinte cena aconteceu em um vôo da British Airways entre Johannesburgo (África do Sul) e Londres.Uma mulher branca, de aproximadamente 50 anos, chegou ao seu lugar na classe econômica e viu que estava ao lado de um passageiro negro. Visivelmente perturbada, chamou a comissária de bordo:
- Qual o problema, senhora? - perguntou a comissária.
- Não está vendo? - respondeu a senhora - vocês me colocaram ao lado de um negro. Não posso ficar aqui. Você precisa me dar outra cadeira.
- Por favor, acalme-se - disse a aeromoça - infelizmente, todos os lugares estão ocupados. Porém, vou ver se ainda temos algum disponível.
A comissária se afasta e volta alguns minutos depois.

- Senhora, como eu disse, não há nenhum outro lugar livre na classe econômica. Falei com o comandante e ele confirmou que não temos mais nenhum lugar nem mesmo na classe econômica. Temos apenas um lugar na primeira classe.
E antes que a mulher fizesse algum comentário, a comissária continua:
- Veja, é incomum que a nossa companhia permita à um passageiro da classe econômica se assentar na primeira classe. Porém, tendo em vista as circunstâncias, o comandante pensa que seria escandaloso obrigar um passageiro a viajar ao lado de uma pessoa desagradável.

Dirigindo-se ao senhor negro, a comissária prosseguiu:
- Portanto, senhor, caso queira, por favor, pegue a sua bagagem de mão, pois reservamos para o senhor um lugar na primeira classe...

E todos os passageiros próximos, que, estupefatos, assistiam à cena, começaram a aplaudir, alguns de pé.



"O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons."
Martin Luther King

Mudança de comportamento

Ontem assisti um programa de madrugada que nosso grande rockstar Marcelo Nova visitava a Galeria do Rock, em São Paulo.

Ele procurava CD's e perguntou pro cara se ele tinha o disco de uma banda de forró e outra de axé.

As bandas eram Naiti Vixi e Eva na Essência

É... mudança de comportamento...

segunda-feira, abril 03, 2006

Teatro dos Sonhos - Cenas Vivas - Cena 1: Regressão



O hipnoterapeuta fala:

- Feche seus olhos, e comece a relaxar. Respire fundo e solte devagar. Concentre-se na sua respiração. A cada inspiração você se sente mais relaxado. Imagine uma luz branca brilhante na sua frente, foque essa luz enquanto ela cobre todo o seu corpo. Permita-se flutuar enquanto você se sente mais e mais profundo num estado relaxado da sua mente. Agora eu vou contar de trás pra frente, de 10 a 1, você ficará mais tranquilo e calmo. Dez, nove, oito, sete, seis. Você entrará num lugar seguro que nada poderá te machucar. Cinco, quatro, três, dois. Se em qualquer momento você precisar voltar, só tem que abrir seus olhos. Um.

Nicolas estava seguro na luz que encobria ele. Não sentia medo nem dor. Sua mente girava no tempo para voltar ao passado mais uma vez. Nada parecia real e ele começava a se sentir perdido numa neblina de um sonho. Então tudo começava a se desenhar. Tudo começava a parecer real como se ele assistisse sua vida numa tela.

- Olá Victória, prazer em te ver, minha amiga.

Let's Get Lost



GANHEI sim, porque o Maluco eh meu irmao!

As fotos tão 1 merda mas o show foi du caralho!














*Fotos por Bernardo Coelho.
Nós ficamos mais perto, nas primeiras numeradas mas não pude tirar nenhuma foto, tudo culpa da maldita argentinha que tirou a bateria da minha câmera... grrrr!