sexta-feira, agosto 24, 2007

Balanço dos dias úteis

Trabalho
faculdade
Jazz Festival
Cosa Nostra
Cerveja
Trabalho
Faculdade
Jazz Festival
Cachaçaria
Cerveja
_______________________________________________ +

Uma pessoa revirada e completamente afônica



E tem mais hoje e amanhã. Domingo eu durmo.

quarta-feira, agosto 22, 2007

Gato por Lebre (ou ainda "as tetas falsas de Beyoncé Knowles")

Se tu clicares no link do título, perceberás que estou repleto da mais pura razão.

Fato.
Hoje, vinte-e-dois de Agosto de dois-mil-e-sete, o Terra postou uma manchete que dizia:
"Beyoncé se descuida e mostra os seios durante show"
Cujo link é o mesmíssimo postado acima.

Fato.
Eu sou homem, pô. Nunca ouvi falar nessa tal de Beiçuda, Beyoncé, Beyonsete, o que seja, mas pô, uma teta é uma teta. Pá, eu pego e clico no link, doido de curiosidade de conferir o air bag da fofolete...

Fato.
Como tu também há de perceberes, ao clicares no link fornecido pelo terra, tem um monte de letrinhas que a pessoa quem elaborou chama de texto jornalístico, e que tu não perderias o teu tempo lendo se tivesse uma única foto com as tetas da mulher em questão. Até aqui, tudo certo? Não há foto. Nenhuma. Nada.

Frustração.
Por ser homem; para fins judiciais, solteiro; eleitor; cidadão; brasileiro nato; pago os carnês em dia; tenho cê-pê-efe e o escambau; conta no itaú; cartão Y. Yamada e por isso, sou gente boa, fico encucado.... E se eu exercesse meus direitos numa situação como essa? E se eu buscasse meus direitos enquanto consumidor, por ter sido ludibriado por uma propaganda enganosa, ter comprado gato por lebre, ter sido vítima de um esquema de falsidade ideológica, tudo porque o Terra-ponto-com-ponto-bê-erre NÃO publicou a bendita foto com os peitos da senhorita de nome Beyoncé, e que o mesmo sítio internético Terra AFIRMOU ter sido visto por MILHARES de pessoas em Toronto, no Canadá? E o que essas MILHARES de pessoas em Torono, CA, têm que eu não tenho? Tá na internet, é praça pública, papai! Só porque eles pagaram ingresso? E que direito o sítio Terra teria de afirmar a veracidade de uma informação como essas sem apresentar as provas devidas, ou seja, as tetas desta célebre senhora?

Exclamação.
Eis que uma idéia me ocorreu. O Espírito que Anda Google, ser onipresente, TEM que possuir em seus arquivos celestes a tal foto. Dito e feito, digito no "search" do Google a frase "Beyoncé Knowles Tits Toronto". Aparece um monte de coisa, e nada de teta. Resolve tirar o "tits". Nada....

Fato.
Desta forma, comprovo aqui que o sítio denomidado terra-ponto-com-ponto-bê-erre, no mínimo, FALTOU COM A VERDADE, perante Google, aquele que vê, e também molestou vários dos meus direitos enquanto cidadão.

Exijo que se tomem as devidas providências! Ou a Sra. Beyoncé me mostra meia hora de tetas, ou que se feche o portal terra de uma vez por todas! E que isso sirva de lição para todos!

Humpf!


A tal de Beyoncé, quase mostrando o útero, e nada de pagar peitinho....


Tetas alheias, amostradas a esmo na internet. Elas não pertencem a Beyoncé, mas são nada mais do que as tetas de uma anônima.

terça-feira, agosto 21, 2007

Papo sobre o futuro...

B. Bowie says:
eu queria dirigir um Mustang, com "Sally" escrito na placa, escutando essa música no último volume, e até me acabar na Tamborello, por que não?
B. Bowie says:
Uma loira e uma morena...
B. Bowie says:
e uma japinha gostosa e maneira
Mr. Maluco says:
é uma boa forma de morrer
B. Bowie says:
disso, o inferno deve estar cheio
Mr. Maluco says:
eu morreria feliz se conseguisse fazer isso
Mr. Maluco says:
cara
B. Bowie says:
eu não disse que queria experimentar morrer assim!
é só pra testar o air bag do carro!
B. Bowie says:
ou das mulheres, hehehehehe
B. Bowie says:
fala
Mr. Maluco says:
tu achas que quando a gente morrer vai ter festa de boas vindas no inferno?
B. Bowie says:
pra mim e pra ti?
Mr. Maluco says:
é
B. Bowie says:
acho que vai ter reunião da plenária de lá
Mr. Maluco says:
se não tiver, quem chegar primeiro organiza
Mr. Maluco says:
hehehe
B. Bowie says:
capaz de mandarem a gente pra cima, pra evitar concorrência
Mr. Maluco says:
mas se a gente chegar no céu, a gente vai ter um vasto novo mercado pra aumentar a concorrencia
B. Bowie says:
Bom, se chegarmos no céu....
B. Bowie says:
No mínimo, vai ser chato pra caralho
B. Bowie says:
tocar harpinha....
Mr. Maluco says:
harpinha, anjinhos...
B. Bowie says:
eu vou fazer onda!
Mr. Maluco says:
como diria o aranha em belém do pará
B. Bowie says:
QUERO DESCER, PORRA!
Mr. Maluco says:
"egua, to em belém... bora pra putada!"
B. Bowie says:
EU VOU É PRA PUTADA!
B. Bowie says:
isso mesmo
Mr. Maluco says:
a gente diria "egua, to no céu, eu vou é pra putada
B. Bowie says:
é verdade
B. Bowie says:
deve ter algum lugar com cerveja benta por lá
Mr. Maluco says:
cerveja benta e salgadóstias

sexta-feira, agosto 17, 2007

Airness

"EUA escolhem melhor em Air Guitar"



Gostei da definição de "airness". Mais detalhes, no link do título.

quarta-feira, agosto 15, 2007

Depilação Masculina

Estava eu assistindo tv numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada o que fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando minha esposa deitou ao meu lado e ficou brincando com minhas"partes" .

Após alguns minutos ela veio com a seguinte idéia:

- Por que não depilamos seus ovinhos, assim eu poderia fazer "outras coisas" com eles! ! ! !

Aquela frase foi igual um sino na minha cabeça. Por alguns segundos fiquei imaginando o que seriam "outras coisas". Respondi que não, que doeria...
coisa e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu não tive mais como negar. Concordei.

Ela me pediu que ficasse pelado enquanto buscaria os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei olhando para TV, porém minha mente estava vagando pelas novas sensações que só acordei quando escutei o beep do microondas.

Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei meio estranho aqueles equipamentos, mas ela estava com um ar de "dona da situação" que deixaria qualquer médico urologista sentindo-se como residente. Fiquei tranqüilo e autorizei o restante do processo.

Pediu para que eu ficasse numa posição de quase-frango- assado e liberasseo acesso à zona do agrião. Pegou meus ovinhos como quem pega duas bolinhas de porcelana e começou a passar cera morna. Achei aquela sensação
maravilhosa! !

O Sr. Pinto já estava todo "pimpão" como quem diz: "sou o próximo da fila"!

Pelo início, fiquei imaginando quais seriam as "outras coisas" que viriam..
Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou ambos no plástico com tanto cuidado que eu achei que iria levá-los para viajem.

Fiquei imaginando onde ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Tailândia, na China ou pela Internet mesmo. Porém, alguns segundos depois ela esticou o saquinho para um lado e deu um puxão repentino. Todas as
novas sensações foram trocadas por um sonoro PUTAQUEOPARIU quase falado letra por letra.

Olhei para o plástico para ver se o couro do meu saco não tinha ficado grudado na cera. Ela disse que ainda restaram alguns pelinhos e que precisava passar de novo. Respondi prontamente: Se depender de mim eles
vão ficar aí para a eternidade!!

Segurei o Dr. Esquerdo e o Dr. Direito em minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazônica em extinção, e fui para o banheiro. Sentia o coração bater nos ovos. Abri o chuveiro e foi a
primeira vez que eu molho o saco antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos só deixando a água escorrer pelo meu corpo.

Saí do banho, mas nesses momentos de dor qualquer homem vira um bebezinho novo: faz merda atrás de merda. Peguei meu gel pós barba com camomila "que acalma a pele", enchi as mãos e passei nos ovos. Foi como se tivesse
passado molho de pimenta. Sentei na privada, peguei a toalha de rosto e fiquei abanando os ovos como quem abana um boxeador no 10° round. Olhei para meu pinto. Ele era tão alegrinho minutos atrás, estava tão pequeno
que mais parecia que eu tinha saído de uma piscina 5 graus abaixo de zero.
Nesse momento minha esposa bate na porta do banheiro e perguntou o que estava acontecendo. Aquela voz antes aveludada ficou igual um carrasco mandando eu entregar o presidente da revolução.

Saí do banheiro e voltei para o quarto. Ela estava argumentado que os Pelos tinham saído pelas raízes, que demorariam voltar a nascer. "Pela espessura da pele do meu saco, meus netos irão nascer sem pelos nos ovos",
respondi..

Ela pediu para olhar como estavam. Eu falei para olhar com meio metro de distância e sem tocar em nada!!

Vesti a camiseta e fui dormir (somente de camiseta). Naquele momento sexo para mim seria somente para perpetuar a espécie humana.

No outro dia pela manhã fui me arrumar para ir trabalhar. Os ovos estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir o vento bater em lugares nunca antes visitados. Tentei colocar a cueca,
mas nada feito. Procurei alguma cueca de veludo e nada. Vesti a calça mais folgada que achei no armário e fui trabalhar sem cueca mesmo.

Entrei na minha seção andando igual um cowboy cagado. Falei bom dia para todos, mas sem olhar nos olhos. E passei o dia inteiro trabalhando em pé com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Resultado:

Certas coisas devem ser feitas somente pelas mulheres.
Não adianta tentar misturar os universos masculino e feminino.

terça-feira, agosto 14, 2007

A regra e a divindade



Enquanto que em Terras Brasilis, muita menina deixa de ser santa ainda em idade tenra, as Kumari nepalesas tem que esperar o Seu Chico (o mensal, e não o Buarque) visitá-las pela primeira vez para que possam abandonar a alcunha de deusas e, somente então, poderem entregar-se aos prazeres mundanos.

Que coisa.

Maiores detalhes, link no título.

quinta-feira, agosto 09, 2007

Mais uma da série "Você achava que já tinha visto tudo"

Instalei um tal de rhapsody aqui.

Em algum momento me aparece essa tela aqui:



"A Página que você está tentando ver está temporariamente indisponível. Por favor use o botão VOLTAR para CONTINUAR".

segunda-feira, agosto 06, 2007

Rapidíssimas...

Curitibano_bêbado_de_campari_que_não_conhecia_o_Muse: Eu sei que as paraenses são quentes:
Alucinógena: Sério? Mas essa aqui é só esquentada...

Brasiliense_empolgada_vendedora_de_shopping: Você é de Belém? Belém do Calypso?!
Alucinógena: Não, do Pará mesmo...

Atendente_pseudo-paulistana_do_Paraná: Você vai estar entrando na fila. Depois vai estar pedindo informações no balcão e então vai estar embarcando no portão indicado.
Alucinógena: E o presente do indicativo eu vou estar achando onde?

Gaúcho_profundo_conhecedor_da_geografia: Ah, você é do norte? É da Bahia?
Alucinógena: Isso!!!!! Bem em frente ao Redentor, na esquina do Palácio do Planalto...

Bomba (ou ainda "envelheco na cidade")



Mil-novecentos e quarenta e cinco. Seis de Agosto, oito e quinze da manha. Desajuizados ianques ranzinzas lancam sobre Hiroshima a primeira bomba atomica, resultando numa das maiores catastrofes da humanidade ate hoje.

Mil novecentos e setenta e nove. Seis de Agosto. Logo apos nascer, nosso amigo Maluco, Felix, mas nao o gato, consumia a sua primeira biritada de eter num quarto escuro de hospital pelotense. Era madrugada, mas ninguem dizia. Vinte e tantos e poucos anos depois, constatava-se mais uma catastrofe: Reencarnava sem que o original tivesse morrido.

Mil novecentos e noventa e nove. O mesmo agosto, so que vinte-e-um. Pastor Joao e sua Igreja invisivel resolvem montar uma filial no ceu, para alegria de deus. E do diabo tambem.

Fatos historicos... Busquemos o que os relaciona.
E saude, paz e vida longa ao nosso querido Maluco. Nao o Seixas, mas daqui de nossa casa de loucos, pelos seus quase trinta anos.

Slainte!

Entao, ta explicado



Realmente... Uma coisa seria cheirar o velho com cocaina...
Agora, cheirar como cocaina, pode.

Link no titulo.

quarta-feira, agosto 01, 2007

Espeto






Vi la nas Filhas do Dono (link do titulo), postado por nossa doce Deb.
Adorei. A Lili (tambem das Filhas do Dono), parece-me que nao.
Azar.