sexta-feira, janeiro 20, 2006

Okinawa - Digitalizacoes impressionaveis - parte 4 - A visita a fabrica da Orion Beer

オリオンビール: マジ旨いぜ!!!

Em 14 de Janeiro, mais um sabado ensolarado e quente de Okinawa, eu tinha duas programacoes para o dia inteiro. Duas apenas. Uma, de pouquissima importancia, era visitar o maior aquario publico do Japao, que comporta o maior tanque e de maior espessura acrilica para comportar tubaroes do mundo. Para que se tenha ideia, os caras mantem dois tubaroes baleias e mais uma cacetada de outras especies nesse tanque de acrilico. O tubarao-baleia eh a maior especie de peixes do mundo (considerando que ainda sao tubaroes, e que taxonomicamente falando, tubaroes ainda sao peixes). Bom, eu nao dei muita importancia pra historia nao. Afinal de contas, trabalhei em um aquario publico desde os meus treze anos de idade ate me formar na graduacao... Va la, deve figurar entre os menores do mundo, com toda certeza e franqueza, mas aquario eh aquario em qualquer lugar do mundo, e eu ja vi tantos grandiosos aquarios, que a grandeza ou miudeza deles nao me faz a menor diferenca....


O aquario de acrilico mais espesso do mundo.... Esqueci da espessura exata, mas acho que era quase um metro. Nao lembro mesmo... Minha cabeca estava em outro lugar, a poucos quilometros dali...

Esse aquario, chamado "Chuura umi Suizokukan" ("O aquario da bela costa", em bom e polido japones), fica numa praca gigantesca, de frente ao mar, chamada ""Kaiyou haku kouen" ("A praca-museu do mar"). O lugar eh gigantesco mesmo, e tem ate um servico especial para transporte de velhinhos de um extremo ao outro da praca, com uma mini-frota de onibus eletricos rodando de tantos em tantos minutos. Apesar da imensidao do lugar, eu nao demorei tanto por ali, pois meu outro compromisso turistico do dia me aguardava... Digamos que eu estava ansiosissimo!!!


Vista a partir da entrada da "Kayou haku kouen", 海洋博公園, com o mar ao fundo. ".... o mar, anti-galileu..."

Na cidade de Nago, a 40km de Naha (que eh mais ou menos a "capital de Okinawa"), fica a UNICA e MODESTA fabrica da Orion Beer, a cerveja da qual Okinawa tanto se orgulha em produzir. Modesta pela pequenez mesmo, pois o lugar eh realmente pequenino pra uma fabrica de cinco variedades de cervejas (detalhadas em Okinawa - parte 1). O que surpreende eh a beleza e limpeza do lugar, alem da serenidade no ambiente, nem parecendo que se esta numa usina de loucuras (quem sabe, sabe: O ser humano eh capaz de loucuras apos beber umas cervejinhas a mais.... Algumas pessoas sao capazes de loucuras SOMENTE para beber uma cerveja!). A fabrica organiza visitas gratuitas, de hora marcada, aos lotes de producao, e essas visitas podem ser assistidas ou nao. Nao se pode usar maquinas filmadoras, mas fotografar, pode-se a vontade.... Achei isso estranho, mas va la, va la...


Fachada da unica fabrica da Orion Beer, em Nago.

Uma mocinha de nome Erika (nao a nossa "EHRIKA", como em portugues, e perdao pela falta de acentos, mas no caso das "Erikas" japonesas, a silaba tonica eh o "ri") foi quem assistiu a minha visita. Simpatica ate quando range de odio, mesmo na hora de pedir que eu maneirasse em meus modos, a menina me tratou bem. Ela me explicou todo o processo de producao da Orion Beer, desde os ingredientes brutos ate a diferenciacao do sabor de cada variedade, inclusive deixando-me provar da cerveja ANTES de passar pelo processo de filtragem (delicia!!!!), onde a mesma ainda eh opaca! Eu estava nos ceus!!!


A base de tudo: trigo e lupulo


Proporcoes da materia bruta: 70% de trigo e 30% de lupulo. E da-le pegada maneira na lingua!

Ao final da, por assim dizer, "excursao etilica", fui solenemente convidado a "degustar", tambem gratuitamente, do chope recem-fabricado da Orion, no "salao de degustacao". Nesse mesmo ambiente, apos pedir que me servissem pela terceira vez, a mesma doce Erika me convidou para sair da fabrica.... Por que tera sido?


O ambiente de degustacao da fabrica da Orion Beer... Prometo voltar, srta. Erika... E nesse dia, nao restara uma gota sequer dessa cerveja!!! Eu juro!!!

4 comentários:

Alucinógena disse...

Eu sou meio que proibida de fazer 1 tour desse tipo pelo meu "autocontrole"... se eu já quero quebrar o vidro que separa a gente da produção do river...

Lili Cheveux de Feu disse...

Ai Jesus, salva esta alma...

bbsecco1406 disse...

Acabei de chegar duma noitada de despedida dum amigo que tá indo trabalhar no interior. Ontem, eu fui pra bebedeira informal da formatura dum grande amigo... ou seja: álcoooooooooooooooooooool da melhor qualiddde: Skol, Antártica e BOEEEEEEEEEEEEEEMIA!

Alucinógena disse...

Ui, assinei errado!
Porque será?!
hahaha
#)