quarta-feira, setembro 17, 2008

O País das Maravilhas!

Moraria em ti?
Não sei
Sobreviveria a ti?
Também
Mas tô certa que viveria
E muito

Muito mais do que em qualquer outro lugar
Porque nos outros que fui, não falavam minha língua
É muito bonito
Mas não me vejo lá

Adoro a tua bagunça
O teu jeito de amar
Que atordoa e confunde
Mas deixa ficar

E um pouco de nós, tu carregas em ti
E um pouco de ti, é uma marca em nós

Basta te ver pra ser capaz de te amar

Um comentário:

Rodrigo Soares disse...

Eu, como bom mineiro, tenho receio de deixar a roçona pra ir pra "cidade grande". Se bem que SP é um pouco de muitos mundos junto no mesmo lugar... de qualquer forma, seria dificil a adaptação. Ou não...

Cheers!