segunda-feira, outubro 16, 2006

Quack! Quack! ao molho de Paprica e Cogumelos



Ingredientes:

- um peito de pato
- o suco de meio limão
- uma colher de vinagre balsâmico
- cinco colheres de azeite de oliva
- uma páprica inteira
- 10g de gengibre ralado
- uma colher pequena de pimenta de Caiena, ou a mesma quantidade de pimenta vermelha
- duas pitadas de sal
- três dentes de alho
- uma porção de azeitonas verdes
- meia cebola
- 200g de cogumelos em conserva ou quantidade inferior de cogumelos frescos

para o acompanhamento:

- duas fatias de pão de forma
- dois dentes de alho picados
- manjericão ou parsley moídos, ou ambos, a gosto
- margarina a gosto
- azeite de oliva a gosto
- queijo ralado a gosto
- espinafres ou alfaces, ou ambos, a gosto

Modo de preparo:

Abra uma cerveja. Após o primeiro gole, corte o peito de pato em três fatias, e reserve. Hora do segundo e terceiro goles. Pique os três dentes de alho, juntamente com as azeitonas, e os ponha num pote refratario juntamente com o azeite de oliva, o vinagre balsâmico, sal, o gengibre e a pimenta, e adicione o suco de meio limão, e misture tudo ate que a cor esteja uniforme. Mais um gole de cerveja.
Pincele levemente azeite de oliva sobre uma frigideira não muito rasa, e repouse o as fatias de peito de pato sobre a mesma. Sobre o peito de pato, despeje uniformemente o molho descrito acima, e deixe descansar por cinco minutos. Enquanto isso, tome mais um gole de cerveja, ou abra uma outra lata, e corte os cogumelos, a páprica e a cebola em rodelas. Disponha-os sobre o pato.
Levar a frigideira tampada ao fogo baixíssimo. Assim que a carne obtiver consistência, fechar o fogo. No meu caso, demorou em torno de 30 minutos, ou o tempo para mais umas quatro cervejas.

Enquanto o pato esta cozinhando em fogo brando, misture o alho picado, o manjericão ou parsley moídos, o queijo ralado e o azeite de oliva a margarina, e passe sobre as fatias de pão de forma. Asse, mas jamais ao ponto de tostar o pão: ele deve ter textura macia. Corte as duas fatias de pão em forma de triângulo, e decore-as num prato raso e grande com o o espinafre e o alface. Ao centro, disponha o pato, despejando o molho obtido do cozimento lento sobre o mesmo. Antes de comer, contemple sua obra de arte gastronomica acompanhado de uma boa cervejinha... Servir para dois no mesmo prato.

8 comentários:

Alucinógena disse...

Titia Ana Maria Brega ia ficar orgulhecida de vc, babe!

Bonequinha de luxo disse...

Olá. Nossa, fiquei com água na boca. O difícil para mim será apenas colocar essa perfeita receita em algo realmente comível, pois sou uma tragédia na cozinha. Beijos, gostei de passar por aqui.

Bowie Macgowan disse...

Que venhas sempre, pequena boneca de porcelana.
Aqui, os pratos sao para todos os gostos.

Um grande abraco e orbigado pela visita!

Maluco disse...

O que será que a Alucinógena está procurando no teto?

Malka disse...

Isso aqui ta virando uma filial do Mais você?

Alucinógena disse...

Procuro o juízo que perdi...
(até parece)

Na realidade, eu busco mesmo é o gole perfeito do elixir da felicidade: tens ae?

Chica disse...

uma vez eu fui inventar de fazer isso...o almoço terminou com macarronada sem molho e eu deitada no sofá. bêba de vinho.

Bowie Macgowan disse...

carissimos, carissimos.
aos que tentam e inventam, e aos que nao tentam nem inventam nada, sempre ha receitas novas e originais desse que vos fala. Aparecam sempre... Aqui, ha vinho, cerveja e bom papo, alem de boa e farta comida para todos.

bon apetit!