segunda-feira, outubro 09, 2006

A Casa do Diabo



Eu nao pedi para entrar la, mas ela veio ate mim, e foi ontem.
Reduto de prazeres e agonias. E o pecado mora ao lado, onde as pedras rolam e se encontram. A casa do Diabo. Meu vizinho. Meu querido.

Inglesa encorpada, sem ser metida a besta. Alle por excelencia cujo creme se mantem ate o ultimo gole.

2 comentários:

Alucinógena disse...

Poxa, pensei que o diabo morasse aqui em casa...

Lili Cheveux de Feu disse...

Pelo jeito o senhorito está muito bem e muito igual...
Por que não me escreves mais?

Beijos mil.;