segunda-feira, abril 24, 2006

Galinha macho ameaca os galos que cantavam em paz no quintal da Vovo Benta...


A galinha macho "Cocorico Eller": Uma das reivindicacoes seria uma reedicao do classico programa da Rede Cultura para o publico chegado a uma viadagem...

A galinha agrediu o reporter, enquanto cocoricava a versao de Cassia Eller para "Smells like teen spirit", mostrando seus testiculos desenvolvidos e mostrando que pouca crista nao significa nada. "Afinal, tem muito queixo peludo que nao da conta do recado", esbravejava o ser galinaceo, que depois completou "... se esse bando de galo frouxo nao cobre nenhuma, deixa que eu cubro. Olha o tamanho da minha cloaca, sente o cheiro da minha testosterona", cocoricava a galinha pit-bull.

Empresarios de briga de galo tailandeses ja comecaram a se mobilizar para contrata-la para uma turne mundial. "Se nao der conta nos ringues, na panela dara um bom caldo", dizia Ma Laco, treinador do famoso galo de briga Pena Branca, do interior da Bahia, e que foi guizado apos perder seu ultimo embate...

2 comentários:

Alucinógena disse...

Ah, mas com certeza que esse transformismo galináceo não tem NADA A VER com a quantidade de HORMÔNIOS que os criadores enfiam (com o perdão da ma palavra) nas "orelhas" dos emplumados...
A culpa deve ser da água que eles bebem.

Mulher Maravilinda disse...

Meu Deus, que horrooooooooor!!