quarta-feira, abril 26, 2006

Ah..o cheiro doce dos cabelos.

Ah...sempre assim, movida a paixão, nossa heroína chama o amigo maluco e grita "aconteceu de novo!", e ele pergunta "o que?", o óbvio, "eu estou apaixonada!!!!!!!!!!".
E é assim, curtindo muito mais a sensação, endorfinas, serotoninas, e todas as "inas" que influenciam e alteram os estados químicos do corpo e da mente do que a definição e institucionalização da história em si.
É um merda! eu não consigo viver sem isso, o paradoxo, carisma -carência, será? pensamentos românticos num mundo sem poesia? prq? eu sou adulta...penso, penso, não adianta. Se eu pensasse isso não aconteceria sempre e de novo, no fundo essa busca eterna, o convívio e depois a inevitável saudade do cheiro doce dos cabelos de alguém.
Dessa vez eu passei dos limites, e o cheiro doce, eu sabia a cilada em que eu tava me metendo, mas ele , o cheiro, os cabelos...nossa!!!!!
O lado bom de ser assim passional, tem lado bom? não sei, não vou defender aqui uma tese acerca de indivíduos imprudentes que não pensam um milésimo de segundo entre o ouvir "pula" e pular de cabeça no que pode ser a próxima história de amor mais intensa da sua vida. Só sei que é assim, e toda vez que passa, que eu não sei o que vai acontecer e que a parábola maluca onde "A" é negativo, sobe , atinge o ápice, desce e não se estabiliza se apresenta na minha frente eu fico assim...e isso eu realmente não curto!
Mas sim, mãos a obra, de volta ao "blogsceno", cds lindos ( e de fossa) na agulha, amigos, babilônia e cerveja gelada...daqui a pouco isso passa e como eu não aprendo nunca mesmo..vou me preparar p mais um dia especial "com raio laaaaser!"

Um comentário:

Mulher Maravilinda disse...

Ai, amiga, se ´c tá apaixonada, porque os cds de fossa?